Insights

Advocacia x Tecnologia: entenda a Advocacia 4.0
  • Priscila Dantas
  • 07/08/2020

Advocacia x Tecnologia: entenda a Advocacia 4.0

Confesso que, particularmente, a tecnologia sempre foi fascinante. Acompanhar as transformações das relações pessoais, socias, econômicas, políticas e profissionais é algo que merece nossa atenção, estudo e incentivo diário.

Por certo, a forma de exercer o Direito não poderia ficar mais para trás.  Em um campo onde a burocracia e o subjetivismo imperam, a mera conformação de que o direito se tornaria antiquado a era digital não soa natural em mundo em constantes transformações.

Em verdade, a classe jurídica vem tentando sustentar ao longo do tempo as formalidades, que muitas vezes serviram exclusivamente para enaltecer os próprios profissionais do que exigências da clientela.

A sociedade já passou por diversas ondas de Revolução: agrícola, industrial, conhecimento e agora tecnológica – a 4ª Revolução, que nada mais é, que uma expressão que engloba algumas tecnologias e automação de dados aos meios de produção.

Nesse cenário, fazendo uma analogia, surge a “Advocacia 4.0.” - aliar inovação e tecnologia ao mundo jurídico de forma descomplicada, aproximando o advogado de seu cliente, tornando as interações menos herméticas e mais próximas.

Nos dias atuais, os clientes em potencial estão conectados e determinados a resolver seus problemas em apenas um clique. A eclosão de inovações tecnológicas, exige do advogado uma resposta adaptativa e aceitável à velocidade das mudanças rotineiras.

Compreender essa dinâmica implica na incorporação da tecnologia nos serviços prestados pela advocacia e na reinterpretação de sua prática enquanto advogado. O velho costume de protocolo de demandas em massa e apresentações de defesas vazias, sem a busca de caminhos alternativos para a solução dos conflitos - divergente da judicial - é um terreno fértil para alcançar não só os objetivos do cliente, mas também da celeridade almejada por nós, operadores do direito.

Não podemos deixar de lembrar, que a automação, uso e tratamento de dados, até sua utilização de forma mais eficiente através do uso de robôs facilita a prestação jurisdicional, gerando uma segurança jurídica partilhada por todos os atores do mundo moderno.

E não podemos esquecer que essas novas relações geram novas formas de consumir, celebrar contratos, fechar negócios, ou ainda mudanças consubstanciais no âmbito trabalhista, afinal, a forma de trabalhar também já não é a mesma, não é mesmo?

Precisamos pensar e agir de forma diferente! E no campo do Direito podemos e devemos buscar por soluções eficientes e inteligentes que atinjam a finalidade desse novo público: a solução do conflito.

A Tecnlogia é uma ferramenta poderosa no auxílio da adoção de novas estratégias satisfativas para o público que a busca – não só encurtando barreiras, mas na construção de uma rede eficiente de resultados, através da análise de dados e números capazes de gerar perspectivas analíticas amplamente fundamentadas em informações reais e fiéis.

O convite está feito. Hoje somos detentores de um rico conhecimento, mas disponível a todos através de um clique. Já se perguntou qual será o seu diferencial no oceano de profissionais do século XXI?